Donativos
HISTORICO DO GEAASBC

No final da década de 90 algumas dezenas de grupos de apoio à adoção já existiam e atuavam no Brasil. No Estado de São Paulo poucos grupos existiam e na região do ABC Paulista, nenhum.
O GEAA-SBC foi o primeiro grupo criado na região do ABC Paulista, no dia de 10 de abril de 1999, através de uma mobilização popular que reuniu cem pessoas num "I Encontro Sobre Adoção de Crianças de São Bernardo do Campo".
A partir desse Encontro, foi convocada e realizada uma Assembléia Geral que votou o Estatuto e elegeu a Primeira Diretoria do GEAA-SBC (sócios-fundadores), que atuou durante os anos de 1999 a 2001.


Sócios Fundadores do GEAA-SBC


I Encontro sobre adoção de crianças de S.B.C, Convidados:
Paulo Sérgio Pereira dos Santos
Dr. Luiz Carlos Ditommaso

SÓCIOS FUNDADORES DO GEAA-SBC
(mandato 1999-2001)
Sirley Maria da Silva Oliveira (Presidente)
Marcos Eduardo Silveira (Vice-Presidente)
Paulo Sérgio Srabotnjk (1º Secretário)
Margarete Onishi de Oliveira (2ª Secretária)
Hortência Miotto (1ª Tesoureira)
Neide Soares (2ª Tesoureira)
Cenira de Castro Lima (Diretora de Ação Social)
Dolores de Queiroz (Diretora de Assuntos Jurídicos)
Maria Regina Petrillo (Diretora de Recursos Culturais)
Sandia Maria de Souza (Suplente)
Tereza Maria Bertoni (Conselheira)
Elza Noemia Srabotnjk (Conselheira)
Nilton Paulo Corrêa dos Santos (Conselheiro)
Neide de Souza Lima Cotrufo (Conselheira)
Richard Cotrufo (Conselheiro)
Marlene Lopes Silveira (Conselheira)
Regiane Aparecida Martinez (Conselheira)
Marta Wiering Yamaoka (Coordenadora Técnica)

Mensagem da Presidente Fundadora do GEAA-SBC, Doutora Sirley Maria da Silva Oliveira, em 1999:

"Sinto-me imensamente honrada em assumir a presidência do GEAA-SBC. Foi um gesto benevolente de colegas e amigos, a quem eu agradeço de coração. Recebo a honraria como um compromisso de trabalho e dedicação, já que a causa, sabemos todos, é muito nobre e precisa de nós. Aliás,"nós", é um pronome que eu desejo seja intensamente praticado.
A missão é participativa, como deve ser toda gerência nos dias de hoje. A democracia deve passar do discurso à prática, se quisermos alcançar os nossos objetivos, que são poucos mas efetivos e de grande alcance:
1) divulgar a adoção; 2) estimular sua prática; 3) orientar e apoiar a adoção.
E assim, que os casais desejosos de adotar uma criança, ou que já o fizeram, possam encontrar respostas às suas dúvidas e aos seus anseios através do GEAA-SBC. Ao mesmo tempo, que as nossas crianças sejam vistas como seres em desenvolvimento, com futuro promissor, com direito a uma vida digna e decente e que nós, adotantes, possamos vê-las integradas à sociedade, como deveria ser normalmente.
Pouco a pouco, desejo, como disse antes, participativamente, promover esforços no sentido do que dispõe nosso grupo".

I Encontro sobre adoção de crianças de S.B.C.
Em primeiro plano: Dra. Sirley M. S. Oliveira
Tereza m. Bertoni
Maria Regina Petrillo